Daniel Kroth | Casa de praia não é brique

Casa de praia não é brique

Ver todas publicações
Casa de praia não é brique

      “Leva pra casa da praia” é uma expressão muito comum entre pessoas que acabaram de redecorar algum ambiente da sua residência. Concordamos que, especialmente em tempos de consumo consciente, é difícil desfazer-se de móveis que ainda estão em boas condições de uso, mas a casa de praia tem outra função. Seus elementos devem estar em harmonia para traduzir a leveza e a energia do litoral, que é diferente do astral da casa de campo e do da casa da cidade. Se o móvel antigo ainda está conservado, pode ser reformado ou ainda ser negociado em antiquários, briques, grupos de venda e até mesmo doado, mas jamais “encostado” na casa da praia.

     Na maior parte das vezes, uma ida à casa de praia significa descanso e diversão. Por isso, a decoração deve ser mais leve. Os ambientes devem “dialogar” com a natureza criando um refúgio especial perto do mar. Luz e texturas naturais, criam uma atmosfera relaxante, trazendo a sensação de bem-estar. Por isso, o projeto deve contemplar, além de conforto e aconchego, simplicidade e praticidade. A casa tem que ser bem usufruída, de preferência em todas as estações do ano, sem gerar mais trabalho ou preocupações a seus donos.

     Ambientes integrados e com grandes aberturas para as áreas verdes, quintal e varanda ganham amplitude para a confraternização de família e amigos. Uma decoração com base neutra e tons de azul, verde e turquesa nas almofadas, mantas, vasos, quadros e adornos combinam muito bem com o astral praiano. Estampas criativas também contribuem para que a tranquilidade esteja traduzida em cada recanto. 

     Para os que consideram a casa de praia um local de passagem eventual e querem economizar na decoração, uma solução é dar uma cara nova àquele móvel trazido da outra residência. Um novo padrão no estofado, uma outra pintura na madeira pode deixar a casa agradável sem gastar muito.
Além da decoração, uma atenção especial deve ser dada aos espaços de lazer. Esse capricho torna mais agradável os banhos de sol, a roda de conversa noturna, as refeições ao ar livre e o churrasco com a turma.

     Por fim, quando nos referimos à decoração de casas litorâneas, não podemos esquecer de uma de suas maiores estrelas: a rede de dormir. Uma peça bonita na varanda é quase condição obrigatória para relaxar ao sabor da brisa do mar. 

     Confira alguns projetos de Daniel Kroth para casas de praia aqui

21 de Janeiro de 2020

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades