Daniel Kroth | Grandes truques para aumentar pequenos espaços

Grandes truques para aumentar pequenos espaços

Ver todas publicações
Grandes truques para aumentar pequenos espaços

Seja por uma questão de praticidade, de redução de custos ou até pela utilização racional de espaço e de consumo consciente, uma parcela cada vez maior da população opta pelos pequenos apartamentos, flats, estúdios e lofts.  Morar em casas ou apartamentos compactos significa desapegar de qualquer excesso e aproveitar cada cantinho disponível.

São vários os “truques” para que um ambiente pareça mais amplo. Algumas soluções simples como móveis planejados e retráteis, o uso de espelhos, ambientes integrados e iluminação indireta podem mudar a dinâmica de um cômodo. A utilização de cores e revestimentos nas paredes, pisos e teto e a altura do pé direito também contribuem em muito para que um espaço pareça maior ou menor. Em espaços reduzidos, é preferível não rebaixar o teto.
Cores claras aumentam a sensação de amplitude, até mesmo nos pisos. Prefira sempre o porcelanato liso, sem detalhes, e a madeira com menos veios. Tecidos sem estampa, com texturas diferentes e em tom sobre tom dão movimento e dinamismo à decoração. Se faz questão de cores fortes, use-as nos detalhes como almofadas, quadros e outros objetos de decoração.

A iluminação também colabora para essa impressão. A luz cálida, além de traduzir melhor as cores, traz uma sensação de aconchego maior. Luz indireta de arandelas, de spots embutidos, de sancas e de painéis na parede, são ideais para esse propósito. Outro ponto são os ambientes integrados que parecem ainda mais espaçosos por não terem barreiras, e pela maior propagação da luz. Pintar esses ambientes com a mesma cor reforça essa percepção.

A escolha do mobiliário é outro fator que contribui para que ambientes pequenos pareçam maiores. Móveis mais baixos e com pouca profundidade fazem com que o campo visual fique mais limpo. Ítens multiuso como mesas retráteis e camas com baú são boas opções e já falamos sobre eles aqui. Portas de correr são excelentes na economia de espaços.

Espelhos são versáteis na hora de aumentar o ambiente pelo reflexo que produzem, e a imagem que ele vai refletir deve ser pensada na hora de escolher onde afixá-lo. Os espelhos devem ser grandes, de preferência do chão até o teto.

Por fim, de nada adianta aplicar todos esses truques se você é acumulador ou bagunceiro. O excesso de objetos e de móveis espalhados polui o espaço e atrapalha a circulação. Mantenha uma organização mínima, com poucos acessórios e que, de preferência, sejam funcionais. Fazer um ambiente parecer maior é um dos casos em que a máxima do “menos é mais” é fundamental.

Confira imagens de projetos de Daniel Kroth aqui!

18 de Março de 2020

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades